Tudo sobre Churrasco | Grupo Assadores

Poucas refeições têm o poder de juntar tanta gente em um só lugar como um BOM CHURRASCO, não é verdade? Para saber todos os segredos do preparo dessa maravilhosa refeição eu fui até Águas de São Pedro, no interior de São Paulo, para conhecer os Assadores: um grupo de amigos especializado em fazer churrascos por todo o Brasil. Foram mais de 10 horas de uma aula prática super intensa e é claro que eu não poderia deixar de dividir todo esse conteúdo com você!

Durante o curso conheci meu brother Fábio de Pádua, apaixonado por churrasco e um dos líderes do grupo, que me explicou direitinho todos os processos para o melhor preparo: da escolha da carne até a descrição das reações químicas que nos proporcionam o sabor. Por isso, já pode chamar os amigos e reservar um belo dia de sol, porque depois dessas dicas SEN-SA-CIO-NAIS você vai se transformar no MITO da turma quando o assunto for pilotar a churrasqueira: um verdadeiro PRO! Vamos lá?

A escolha da carne

O primeiro passo para um bom churrasco é fazer uma boa escolha da carne. A forma que o boi vive, a qualidade da sua alimentação e a forma que ele morre farão grande diferença quando ele chegar ao seu prato. Opte sempre por carnes que tenham bons selos de qualidade e certificações que garantam essas três fases da vida do animal. O processo deve ser honroso para o boi, porco, frango ou peixe que se doou para ser seu alimento, como aprendi com o Fábio.

A alquimia do sabor

A gastronomia é um processo de transformação do alimento e as variáveis químicas e matemáticas que existem ali são determinantes. Cada equação deve conter: Temperatura, tempo, acidez e a gordura, a balança estre eles é o que trará sabor ao alimento. Sabe por que o vinagrete é tão importante em um churrasco? Porque o vinagre ou o limão utilizados são ácidos e nos fazem salivar. Já o azeite funciona como um amalgamador de sabores para o nosso paladar e nos permite degustar todas as nuances da carne.

A paixão

A forma que a carne será preparada depende da aparelhagem disponível e pode ser um defumador americano, uma parrilla argentina, um fogo de chão ou mesmo a churrasqueira que você tem aí na sua casa. O fundamental é ter FOGO, CARNE e SAL. Bem, segundo meu brother Fábio, a paixão do churrasqueiro pelo preparo da carne também fará toda diferença. A cozinha é um espaço, sim, de emoção e essa é grande parte da sua beleza!

Ah, ele também deu uma dica muito legal! Sabia que a sua mão pode te ajudar, e muito, a medir em que tipo de fogo você está preparando a sua carne? Não, você não vai precisar e nem deve se queimar, PLEEEEASE! Com MUITO cuidado para não se queimar, coloque sua mão próxima ao espaço em que a carne está sendo preparada e perceba por quanto tempo você consegue manter a sua mão ali: de 0 a 5 segundos, a carne está grelhando em fogo alto; de  5 a 10 segundos, a carne está grelhando em fogo baixo; 10 a 15 segundos, a carne está assando em fogo alto e de 15 a 20 segundos ela está assando em fogo baixo. Olha ele explicando tudo aqui:

 

Deu água na boca, né?  Ok, pode correr preparar a sua churrasqueira, mas antes não se esqueça de compartilhar esse vídeo com os seus amigos nas redes sociais! Ah, e se você já é um chef ou um churrasqueiro profissional e está querendo dar um up no seu negócio, conheça os nossos cursos Menu Lucrativo e Ouro na Bandeja. Quem sabe esse não é o pontapé inicial para transformar seu hobby em um grande negócio? Forte abraço e até a semana que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.