Tendências Gastronômicas 2018 | 5 ideias para investir

A-LÔ  VOCÊ, brother-amigo-irmão-camarada-FÃ! No primeiro post do ano eu não poderia deixar de te desejar MUUUITO sucesso em todos os seus projetos de 2018 e que este possa ser um ano INESQUECÍVEL na sua vida pessoal e também nos seus negócios.

É claro que para chegar lá a caminhada é longa – é preciso estar atento ao mercado O TEMPO TODO para não perder nenhuma oportunidade bacana. Por isso, separei aqui 5 das tendências gastronômica que vão bombar em 2018 e que você pode querer investir ou até mesmo incorporar alguma delas ao seu restaurante. Quer ver quanta coisa bacana? VEM COMIGO!

1) Comida vegetariana

A minha primeira dica são os pratos vegetarianos – se você ainda não possui nenhuma opção no seu restaurante para este público, você está atrasado! Segundo dados de uma pesquisa feita pela Folha de São Paulo, o mercado vegetariano cresceu mais de 40% no Brasil só no ano passado. A marca Mr. Veggy, por exemplo, saiu de um faturamento de R$15 mil reais em 2009 para R$1,9 milhão em 2017. É claro que nem todos esses consumidores se tornaram vegetarianos necessariamente. Mas é nítido que as pessoas tem buscado opções de alimentos mais saudáveis e reduzido o consumo de proteína animal. Por isso, já sabe: Se o seu restaurante não trazia pelo menos uma opção vegetariana no seu cardápio, essa será sua meta para um 2018 de SUCESSO.

2) Kits de pré-preparo

A ideia decolou na Europa e nos Estados Unidos: que tal oferecer para o seu cliente a experiência de fazer sua própria comida, mas com uma ajudinha extra? Em uma caixa são enviados os ingredientes, a receita e os utensílios utilizados para o preparo de determinado prato ou drink. Assim, quem receber o pedido poderá preparar sua própria refeição com uma ajudinha extra – o super kit já traz tudo o que ele vai precisar e nas quantidades certas, sem precisar pensar em ir ao mercado ou em fazer o pré-preparo de tudo. O que se vende aqui é a comodidade do bom e velho mise en place, além da experiência de se fazer um jantar com cara de restaurante com as próprias mãos. O preço pode variar de R$23 a R$500 reais, dependendo do custo de cada prato. Ah, caso queira incluir essa opção no seu restaurante, não se esqueça de utilizar a ficha-técnica, ein?

3) Rótulos

Sabia que as pessoas estão lendo mais os rótulos dos produtos que elas consomem? Em um mundo repleto de informação em todos os lugares, o consumidor quer entender muito mais do que a validade e a tabela nutricional do seu produto, mas a forma que ele é produzido.  Para isso, uma ótima estratégia de marketing pode ser explorar este espaço que durante muito tempo foi sub-utilizado. Os rótulos estão se tornando mais divertidos e propõe um diálogo super informal com o consumidor através da comunicação visual e uma linguagem mais coloquial para falar sobre o seu produto.  Um ótimo exemplo deste trabalho é realizado pela marca de bebidas Do Bem.  INVISTA! Isso fará toda diferença para o seu negócio em 2018.

4) Cervejarias artesanais

Feitas em pequenas produções, o público está disposto a pagar para conhecer novos sabores das cervejas artesanais. Hoje já existem mais de 60 micro-cervejarias no estado de São Paulo e a tendência é que surjam ainda mais produtores durante 2018. Normalmente os negócios começam com pequenas produções, dentro de casa, com equipamentos para produção artesanal de até 20 litros que são bem simples e exigem um investimento bem baixo, cerca de R$ 2 mil reais.

Para quem quer investir mais e em produções mais robustas, alguns produtores optam também pela terceirização da produção do produto para uma cervejaria maior – como uma espécie de “barriga de aluguel etílica”. O valor deste serviço gira em torno de R$ 50 mil reais para produção de 3 mil litros do produto. E aí, vai encarar este desafio?

5)  Street-food

Tendência nas grande cidades, os food trucks podem vender desde o tradicional cachorro-quente até iguarias mais especializadas como kebabs, tacos e drinks. Tudo pode ser vendido na rua com muita personalidade e estilo. Para quem quer investir na área de food-service, mas não pode gastar muito, aí vai uma dica: com os carrinhos você pode economizar o aluguel do ponto comercial, que deixa de ser fixo. Os food trucks também são uma ótima opção para ações de marketing: muitas empresass procuram food trucks que ofereçam pratos diferenciados e apetitosos para seus eventos out-door. Dentro de uma estrutura pequena e econômica, sua ideia vai BOMBAAAR!

Bem, depois de todas essas dicas não tem mais desculpa para não investir no seu negócio em 2018, ein? Seja para começar do zero ou dar um upgrade no que já é um sucesso, nós estamos aqui para te ajudar em cada passo da sua trajetória, não importa qual ela seja. Conheça os nossos cursos Menu Lucrativo e Ouro na Bandeja. Forte abraço e até a semana que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.