Restaurante Aberto em Período Ocioso

ALÔ, FOOD NATION! Mais uma terça-feira de conteúdo de Gestão! Como em todo negócio, tempo é dinheiro nos empreendimentos gastronômicos. Entretanto, o que fazer com o tempo ocioso? Vale a pena ficar com o restaurante aberto ou, se colocar na ponta do lápis, tomo prejuízo ao tentar aproveitar estes períodos?

Você bem sabe que o principal lema que eu defendo é que todas as decisões do eu restaurante devem ser tomadas baseada em contas. No caso do período ocioso, faz todo sentido pausar a sua operação se as contas não se pagam naquele intervalo. É a lógica básica e, inclusive, já tomei esta medida de austeridade em alguns negócios que comandei.

Entretanto, felizmente ou não, nem tudo são contas em uma operação gastronômicas. A psicologia do cliente demonstra que, ao manter o estabelecimento aberto, mesmo em momentos com menor faturamento, o empreendedor tende a incitar o consumo. No caso de diminuir a jornada, alguns empreendedores registram a queda no movimento dos outros horários de funcionamento do negócio.

E você, meu BIC, já teve alguma experiência neste sentido? Me conta o seu caso aqui nos comentários e vamos entender como essa questão funciona aqui no Brasil. No mais, não esquece dos nossos Cursos e Materiais para melhorar a gestão do seu negócio. Forte abraço e até semana que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.