O maior “se vira nos 30” da minha vida

ALÔ, VOCÊ! Como sempre falo no canal, o erro é um professor valioso. E, ás vezes, é preciso MUITO jogo de cintura para conseguir dar aquela contornada na situação. Hoje eu conto para vocês um dos momentos da minha jornada gastronômica em que passei mais sufoco! É uma história engraçada e que nos mostra que, ás vezes, a saída mais funcional é a mais inusitada! BORA LÁ?

Pra você ver, a gente estuda, planeja, mas ás vezes a saída pra uma situação está na presença de espírito e bom humor! Acompanhe o Na Cozinha do Politi, toda a semana sai conteúdos novos sobre o mundo da gestão gastronômica. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.