O Caminho do APRENDIZADO| Parte 2 | Como se tornar um GRANDE ADMINISTRADOR

ALÔ, FOOD NATION! Dando sequência a aula passada, em que falamos sobre os passos básicos da administração gastronômica, hoje vamos avançar um pouco mais nos tópicos para você saber o que você precisa para se tornar um GRANDE ADMINISTRADOR. VEM COMIGO?

Se você não assistiu ao vídeo de semana passada, CLIQUE AQUI. Recomendo que assista antes de assistir o de hoje, é necessário saber o básico para conseguir avançar nessa jornada.

Eu elenquei 4 temas que são essenciais para a gestão gastronômica: Administração, Cozinha, Serviço e Marketing. Esses 4 pilares são os principais pontos para se atentar na hora de gerir o seu negócio. Nesse vídeo, eu foco somente no básico da administração, pois este é o principal e o início de toda a gestão gastronômica.

Tenha o controle do seu caixa

Você precisa saber o que vai acontecer durante a semana, o dinheiro que entra e o que sai, o que você vai receber e o que vai precisar pagar. É preciso, além de fazer as contas, dividir essas entradas e saídas em categorias de maneira assertiva para que você consiga visualizar o seu fluxo de caixa. Sem ter o controle disso você está perdido!

Saiba analisar a eficiência do seu negócio

Além de ter o controle diário e semanal do seu caixa, é preciso ter o controle do DRE (Demonstrativo de Resultado do Exercício). Ele é o indicador que vai te dizer como o seu negócio está indo, se ele está seguindo na direção que você planejou.

Analise o quanto você está gastando com suas mercadorias

Como sempre falo no canal, o CMV é um dos indicadores mais importantes do seu negócio. Um bom gestor administrativo precisa saber o quanto está gastando com as mercadorias em relação às vendas. De preferência, com frequência mensal.

Quais os períodos de faturamento do seu negócio?

Saber responder essa pergunta é essencial para qualquer administrador. Qual período seu estabelecimento vende mais, se a promoção que você fez realmente funcionou, quais pratos representam a maior parte do seu faturamento.

80% dos seus resultados vem de 20% dos seus recursos

Essa é a Lei de Pareto. Se você pegar todos os indicadores acima e analisá-los de fato, você terá informações preciosas sobre o seu negócio. Por exemplo, você pode perceber que 20% do seu cardápio, como as carnes e proteínas, representam 80% do seu faturamento. Isso vai guiar em todas as tomadas de decisão do seu empreendimento.

Monitore as Compras X Vendas

É importante também analisar o número de vendas em relação às compras. Por exemplo, se 30% das suas compras são bebidas, mas ela apenas representa 10% das vendas, pode ter algo errado. Esse é um indicador que você tem que analisar o tempo todo ou você terá dinheiro escorrendo pelas mãos.

Cuide da sua equipe e do seu negócio

Lidar com pessoas não é só treinamento. Também tem a parte burocrática, documentação, formulários… Além disso, fazer a escala não é tão fácil quanto parece e é algo precisa estar bem feito todos os dias.

E, por fim, crie processos e use sistemas!

Essa talvez seja a palavra que eu mais uso no canal: processo. Um bom administrador precisa colocar tudo no papel. Criar processos é garantir uma padronização muito necessária para manter as coisas em ordem. Para isso, o uso de sistemas também é fundamental, é a casa onde as suas informações irão ficar. Por isso, investir em um bom sistema e num treinamento para o seu uso é uma ótima pedida.

Estude, analise, busque conhecimento sobre o seu negócio. Aqui no Na Cozinha do Politi nós disponibilizamos diversos CURSOS E MATERIAIS sobre gestão gastronômica que irão fazer muito a diferença na sua vida. Até semana que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.