Na Garagem Hamburguer

Literalmente uma garagem, de não mais de 20 m2. 3 funcionários, um no caixa/pedido, um na grelha e um na fritadeira/auxilio à grelha. Menu restrito, 2 tipos de hamburguers, clássico e vegetariano, 2 tipos de pão, clássico e integral, molho de cenoura e mandioquinha no lugar da maionese. Horário de abertura restrito, das 12 as 15:30 e das 18 as 22h, segunda a sábado.

Acertaram na mosca, baixa metragem = baixo custo de ocupação. Menu restrito e horários limitados = baixo custo de mão de obra; poucos e bons ingredientes e, sobretudo, carne fresca e não congelada. Só este fator já muda completamente o jogo em relação às redes de fast food.

Saudável tendência que parece que veio para ficar, proliferando em SP e no RJ. Longa vida ao burger artesanal!!!

1 comentário Adicione o seu

  1. Jean Marc disse:

    Ja fui várias vezes lá. Acho que na mesma onda do truck food o na garagem marca uma tendência de pouca variedade, inovação e excelente qualidade.
    A batata é um must também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.