Inauguração de um Restaurante | Politi Responde

Vocês sabem como eu me amarro em conhecer os negócios de vocês, não é verdade? Esta semana recebi um e-mail com dúvidas de um brother-irmão-camarada na hora de INAUGURAR SEU RESTAURANTE. Por isso hoje eu estou mandando mais um “Politi Responde”. Afinal, quem sabe a dúvida do Julio não é a mesma que a sua? VEM COMIGO:

A história do Julio é a seguinte: ele está abrindo um pequeno contêiner com pratos e lanches em um parque que hospeda cerca de 50 operações gastronômicas. Pensando no pequeno espaço, elaborou um cardápio enxuto e precisa saber como calcular a quantidade de alimentos que serão consumidos no dia da inauguração. Julião, aqui vão as minhas dicas para você:

Use uma Ficha Técnica

Essa é a dica número um para qualquer pessoa que pense em montar um negócio gastronômico! A ficha técnica nada mas é do que uma planilha Excel, com uma foto, e a descrição completa de cada prato servido no seu restaurante. Ao completar este documento é possível calcular as quantidades e custos de cada ingrediente, em cada prato. Assim fica muito mais fácil prever seus custos e fazer suas compras! Outro template que irá te ajudar e muito nesta nova jornada é a planilha Excel de Engenharia de Cardápio no qual você poderá acompanhar mais de perto dados do seu cardápio como o CMV, número de vendas, preços e muito mais. Estes dois documentos estão presentes nos cursos Fecha TécnicaMenu Lucrativo do Na Cozinha do Politi, respectivamente! Vale a pena dar uma olhada e começar seu restaurante com tudo arredondado, ok?

Capacidade de armazenamento

O segundo passo para se inaugurar com tranquilidade é organizar o seu espaço: quanto dele poderá ser usado para estoque seco e produtos refrigerados? Faça pequenos testes e procure utilizar recipientes e caixas que possuam medidas padrão (kilos e litros). Isso facilitará inclusive sua comunicação interna, que se tornará mais assertiva: “Me passe um pote tamanho 2 de salsinha”.

Capacidade de Produção

Quanto tempo você e sua equipe demoram para fazer o pré-preparo e preparo de cada prato? Façam pequenos testes, organizem uma mise en place. Entendam qual é a capacidade do espaço e dos instrumento que terão disponíveis. Não existe mágica! Treinamentos e mais treinamentos são a resposta!

Friends and Family Day

Em cada novo negócio eu sou completamente a favor do primeiro dia de operação ser o dia “Friends and Family”. Sabe o por quê? Neste primeiro momento de ajustes você ganha a prerrogativa do erro. Seus amigos e familiares não irão falar mal do seu espaço caso alguma coisa dê errado! Cobre mais barato, coloque crachás dos funcionários que estiverem em treinamento e não tenha medo de ser condescendente neste período. Erre, melhore e aprenda dentro de casa.

Acorde cedo

Antes de se inaugurar uma operação de restaurante a rotina pode se tornar bastante intensa. Há tantas coisas para se resolver que a tendência é que nos primeiros dias após a abertura o empreendedor queira relaxar e observar como o negócio funcionará sozinho. ERROU! Acorde cedo, esteja lá para organizar tudo, fazer compras, azeitar a sua grande máquina aos poucos. O olho do dono no início de qualquer negócio é fundamental.

Não compre muita coisa

No início de toda operação você ainda não sabe quais pratos serão validados e quais irão sair do seu cardápio. Compre pouco de cada coisa, o suficiente para servir uma quantidade “ok” de pessoas dentro daquele espaço. Se acabar, ÓTIMO! Faça da escassez seu gatilho para o marketing! “Desculpe, pessoal, a procura foi tão grande que acabou! Vocês não querem experimentar este prato? Já fiz a reserva de vocês para amanhã, ein? Não percam!”. Pronto, ganhou novos clientes!

Contrate o mínimo possível

Em qualquer restaurante você terá horários de pico e horários bem tranquilos. No início, coloque você a mão na massa durante os horários de pico, esteja presente! Será ótimo para poder treinar de perto seus funcionários. Além disso, com o passar do tempo a tendência é a operação se normalizar e se tornar mais ágil. Evite contratar excesso de mão de obra porque além de chato, pode custar caro reduzir a equipe depois. É preferível pensar em contratar alguém posteriormente, caso a demanda seja realmente alta!

Gostou das dicas? Espero que eu tenha ajudado o Julio e muitos novos empreendedores da família NCDP! Agora, você tá mesmo afim de aprender mais e começar seu negócio de forma NINJA? Conheça os cursos e materiais Na Cozinha do Politi. Através deles eu te ajudo a transformar o seu sonho em um negócio organizado e lucrativo e eu mal posso esperar para ouvir a sua história. Te espero, ein? Forte abraço!

2 comentários Adicione o seu

  1. Julio Riesemberg disse:

    Uhuuu, q maravilha ter um Norte, tenha a certeza que usarei todas as dicas e espero que isso ajude muitos tbm!!
    Professor agradeço muito a aula e a grande ajuda, darei notícias em breve, te desejo muito sucesso um grande abraço.

    1. marcelopoliti disse:

      Fala Julio! Espero te ver sempre por aqui, ein? Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.