Como fazer uma Salada PRO

ALÔ, VOCÊ, MEU BIC! BROTHER-IRMÃO-CAMARADA!
Alguns acham que salada não alimenta, que é insossa. Mas será que você está caprichando na sua salada? Hoje eu preparei um vídeo diferente, que vai muito além da receita, é mais um conceito de como construir uma baita salada! 

Antes de tudo!

Lavar e secar bem as folhas é o primeiro passo para tudo. Recomendo desde já que você invista em uma centrífuga de salada, porque ela vai te ajudar a retirar toda a umidade que vai estragar as suas folhas. Além disso, quando a salada não está bem seca, o molho não pega direito nas folhas e o gosto fica prejudicado.

Abuse das cores e texturas

Brinque bastante com os diferentes tipos de folhas. Só de alface você já encontra crespa, lisa, roxa, verde, e tantos outros tipos! Para despedaçar, pode fazer com a mão mesmo. Bem orgânico. Faça essa cama bem feitinha, e já comece a trazer uma cara muito bonita a sua composição.

Legumes de um novo jeito

Esta é uma dica que eu acho bem legal. Ao invés de cortar cenoura, por exemplo, em pedaços, opte por tiras. Pegue um descascador e, após lavar o legume, faça tirinhas bem finas e longitudinais. Tenho certeza que a sua galera nunca viu isso e você vai se dar muito bem nessa.

Adicione itens crocantes

O que não faltam são opções, mas é essencial adicionar “crocância” a uima boa salada. Amendoim, amêndoas, castanhas, são apenas algumas das opções. Além de trazerem uma textura legal, muitas das sementes e castanhas são fontes de nutrientes muito saudáveis e vão enriquecer a sua salada.

Que tal um queijo?

A minha recomendação é optar por gorgonzola, que é um queijo com bastante personalidade, mas um brie ou parmesão caem muito bem também. Minha única dica é que você preste atenção na intensidade do queijo, para que ele não cobra todos os outros ingredientes.

A facilidade dos molhos

Vale dar aquela conferida mais atenta a este trecho do vídeo acima. Mas, basicamente, se você optar por 3 partes de azeite e uma de aceto balsâmico, não tem como dar errado. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Pronto! Se gosta de mostarda, pode mandar bala também. Se gostar de mel, coloca também. Com a mesma base, você tem um molho de salada básico, um de mostarda e um de honey mustard. Se você fizer uma vez na semana, é só guardar na geladeira que conserva legal.

Croutons para finalizar

Essa vai pro meu fiel escudeiro Vitor que fez uns croutons sensacionais para a nossa saladinha. Se você optar por comprar no mercado, talvez gaste um pouquinho mais do que gostaria. Você pode simplesmente cortar um pão (recomendo italiano) em cubinhos, adicionar azeite, orégano, sal e pimenta, e colocar no forno. Só esperar ficar crocante e um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.