5 passos para contratar uma boa equipe

Contratar bons funcionários para o segmento de food-service é sempre um desafio. Isto acontece porque os perfis de colaboradores que procuramos são bem específicos e estes mesmos profissionais dificilmente chegarão ao seu negócio através de uma formação especializada. Eles são os garçons, assistentes de cozinha ou até mesmo um gerentes, que raramente receberam uma educação formal para sua área de atuação. Por isso, caberá a você, empresário e empreendedor, buscar e moldar as peças do seu próprio tabuleiro. Quer aprender como contratar um ótimo funcionário em 5 dicas super simples? Então VEM COMIGO:

 

1) Invista na sua imagem

Você já pensou que a imagem do seu restaurante pode fazer toda diferença não só para os seus clientes, mas também para quem trabalha ou quer trabalhar nele? Posicione-se de forma assertiva com a sua visão e os seus valores nas suas redes sociais, site ou onde quer que o seu negócio esteja sendo divulgado. Desta forma, fica muito mais fácil atrair as pessoas certas para o seu negócio porque elas já chegarão até você conhecendo um pouco mais sobre o seu negócio: o que você valoriza, as habilidades que provavelmente serão exigidas, o formato do seu empreendimento e o perfil de quem já trabalha por lá.

2) Faça da contratação um processo

No segmento de food-service uma coisa é certa: você sempre vai ter que contratar pessoas. Sim, infelizmente a rotatividade de profissionais nesta área é relativamente grande. Por isso, que tal criar guidelines para encontrar a pessoa certa e diminuir o seu índice de turnover? Descreva muito bem o cargo que será oferecido e o perfil do profissional que você procura. Documente estas regras para segui-las sempre e também para adaptá-las para as próximas contratações

Para um cozinheiro, por exemplo, não é tão importante uma boa aparência e sim a resistência física a longas jornadas. Já para um garçom, a destreza ao levar e trazer objetos e uma boa expressão verbal são as habilidades mais valorizadas. Documente estas regras para que este processo seja um padrão da sua empresa e para que suas contratações sejam cada vez mais adequadas.

3) Use suas fontes internas

Se algum funcionário do seu restaurante indicou alguém para ocupar um cargo em aberto, isso pode ser um ÓTIMO sinal. Em primeiro lugar, significa que o seu colaborador está satisfeito com o seu próprio espaço de trabalho, caso contrário ele não o indicaria para ninguém. Em segundo, este profissional, que já trabalha com você, já está familiarizado com as atividades do seu negócio e saberá dizer se a pessoa indicada tem fit, ou não, com a vaga. Afinal, ele não vai querer prejudicar sua própria relação de trabalho em detrimento de uma outra pessoa que não seja elegível para o cargo oferecido.

4) Planeje a entrevista

Chegou a hora de conhecer os seus novos talentos. Mas, quem irá conduzir essas entrevistas? Você precisará da ajuda ou direcionamento do seu gerente ou de um garçom mais experiente? Qual o método escolhido para entrevista? Vale tentar uma simulação ou um bom bate-papo ser a grande base da sua decisão? Seria adequado fazer a primeira parte por telefone? Tudo isso deve estar alinhado com a sua equipe antes de iniciar o processo de entrevistas. Escolha bem os seus filtros e o seu resultado com certeza será positivo.

5) Não se esqueça do onboarding

Sabia que os primeiros dias de trabalho para um novo profissional são os mais importantes não só para ele, mas também para a empresa? Invista em um processo padrão para receber um novo contratado: faça um tour por todos os setores, apresente-o aos seus demais colegas, escolha alguém para guiá-lo e treiná-lo nos primeiros dias. Essa é a melhor forma de adaptar um novo colaborador a estrutura do seu negócio, sem gerar nenhum problema ou trauma para ambas as partes. Assim ele pode ir tirando as dúvidas que irão surgir durante os seus primeiros passos on the job e ser devidamente orientado em cada uma dessas oportunidades.

Viu só como é possível recrutar e contratar de um novo membro para sua equipe de forma objetiva e organizada? São apenas 5 passos que vão aumentar E MUITO a sua chance de recrutar talentos importantes para compor o seu super time. Contratar, treinar e cobrar a sua equipe são atividades que vazem parte do dia-a-dia de um gestor empreendedor. É claro que é muito difícil conciliar todas essas atividades e é por isso que eu trouxe duas soluções incríveis para o seu restaurante: Conheça os cursos  Menu Lucrativo e Ouro na Bandeja. Eles vão te ajudar, e muito, a transformar o seu sonho em realidade e eu estou super ansioso para te ajudar a colocar tudo isso em prática. Te espero, ein? Forte abraço!

 

 

1 comentário Adicione o seu

  1. Pedro disse:

    Contratar bem é fundamental! Parabéns pelas dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.