Você deve ter seu próprio aplicativo de entrega

Continuando o papo que iniciamos na semana passada, vamos ver mais uma nuance da mudança do novo consumidor. Agora você precisa oferecer uma experiência completa, personalizar o atendimento, engajar o público e valorizá-lo. Quer algo mais personalizado do que você mesmo, com o seu aplicativo de entrega, ir até o novo consumidor quando ele quiser e onde ele preferir?

Surfando na onda do delivery

Antes de mais nada, já vou dar o papo: se você não está nos aplicativos de delivery, começa agora. Este é um mercado já consolidado e que está girando muito dinheiro. Não vai você ficar de fora disso, não é? Não tem porquê deixar dinheiro na mesa.

Entretanto, como tudo, há ônus e bônus na questão. Aplicativos como iFood, Uber Eats, Glovo, entre outros, estão fazendo um trabalho ótimo consolidando o delivery e levando clientes aos donos de negócios gastronômicos. Mas, também temos algumas desvantagens: a porcentagem cobrada do seu faturamento, o prazo de pagamento e a forte concorrência dentro do aplicativo.

Além disso, o seu cliente fiel, por comodidade, acaba comprando também pelo app, diminuindo o seu lucro. E não se esqueça que a base de clientes que são trazidos são apenas do aplicativo. São eles que fazem as campanhas, têm as informações e ofereceram tanto para você como para os seus concorrentes.

Quem vai baixar o meu aplicativo?

É muito natural que você se pergunte como será possível competir com os monstros da indústria do delivery. Este é o grande ponto: você não precisa parar de vender por eles, mas pode unir mais uma fonte de receita. Ao desenvolver o seu próprio aplicativo de entrega, você recebe todas as informações, lucro total e ainda pode organizar suas próprias campanhas de desconto e ações de marketing.

A Lei de Pareto é uma ótima forma de entender a relação entre o seu resultado e a sua clientela. São 20% dos seus clientes que representam 80% dos seus resultados. É essa parcela que você deve focar esforços e engajar através do seu aplicativo. Você pode utilizar o básico “baixe o aplicativo e receba brinde na próxima compra”. Esses 20% dos seus clientes fiéis vão, com toda certeza, ser usuários ativos do seu aplicativo próprio de entrega e você não vai perder nenhuma porcentagem para apps de terceiros.

Para fechar, vou deixar aqui as duas mensagens mais importantes para você:

  1. Se você não entrega, comece a entregar;
  2. Se você já usa aplicativos de terceiros, comece a desenvolver o seu.

Por fim, se você está pensando em empreender ou está querendo melhorar os resultados do seu negócio, conheça os cursos e materiais que eu ofereço aqui no site. Clique AQUI e confira.

2 comentários Adicione o seu

  1. Alinaldo Moura disse:

    Olá Marcelo e um prazer ver seus vídeos você e um super mestre, estou com um problema e gostaria de sua opinião como solucionar problemas do motoqueiros para entrega e porque e tão frequentemente o não atendimento pela atendentes qual a sua sugestão .

    1. marcelopoliti disse:

      Fala, Alinaldo! Antes de mais nada, muito obrigado! Olha, faz um tempinho que não tenho utilizado este serviço, mas vou tentar ajudar mesmo assim. Uma forma legal é perguntar para outros donos de restaurantes ou negócios similares se eles têm indicação. Dependendo da sua demanda, você também pode investir em um profissional próprio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.